quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Grow up!

Não tenho a menor vergonha de dizer que ainda acredito no amor, na construção de um relacionamento baseado no respeito e principalmente na lealdade, que é bem diferente de fidelidade. Com 21 anos posso afirmar que já não sou mais nenhuma menininha inexperiente e o mínimo que eu esperava era ser tratada como uma mulher. Uma mulher que, sem hesitar, se entregou, se mostrou e, em troca, só recebeu uma atitude infantil, imatura. Atitude digna de desprezo inclusive. Mas não desprezo. Porque eu faria isso? Não posso culpar as pessoas pelos seus medos, suas inseguranças. Eu também tenho as minhas. Mas a verdade não me assusta. A verdade, pelo contrário só me prende mais, me instiga a querer algo a mais. Mais uma vez escorreguei. Mas dessa vez não cheguei a cair. Foi uma ligeira desequilibrada que, na verdade me fez crescer mais. Me fez me sentir orgulhosa da mulher que me torno todos os dias. Orgulhosa da minha capacidade de ser sincera comigo mesma e com os outros.
Dessa vez não chorei "por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe."
Eu cresci. E você?

3 comentários:

Uma mulher disse...

MInha amiga linda, antes de mais nada tenho que admitir tua companhia é em demasia especial. Eu simplesmente admiro toda a sua loucura e a tua doçura. Vc realmente tem crescido, é uma pessoa maravilhosa e agradeço por ter sua amizade. Sempre forte e segura dos teus princípios isso é sempre o mais importante.VC merece alguém que acima de qq coisa te mereça tb, e vc sabe q quero teu bem e tua felicidade, pro que precisar conte comigo, vamos marcar de vermos o filme ainda heim,rsrs
Meu beijo!

Dani disse...

Demorei, mas finalmente estou aqui.
Para dizer a vc que estou muito orgulhosa pq sei que vc tem sido cada dia mais guerreira. Vencido todos os dias esse [b] "fantasminha da auto-sabotagem" [/b]que insistia em se fazer presente.Te vejo crescendo...e fico muito feliz.Vc tem ficado cada vez mais forte, sem deixar de sentir. N�o sei se � apenas uma impress�o, ou se � mesmo verdade, mas sinto que vc tem se tornado mais racional...mas sem perder as coisas maravilhosas que o lado sentimental nos proporciona.
Por�m, uma coisa que [b] SEMPRE [/b]foi presente em vc e que sei que n�o � de agora, � sua lealdade. Em todos os relacionamentos.Sua franqueza, algumas vezes at� excessiva, mas admir�vel.E sua for�a para cuidar de uma rela�o. Mas vc veio acrescentar a tudo isso, um respeito maior com vc mesma, um amor-pr�prio.
Era o que te faltava e que talvez tenha te deixado meio inapta a cuidar do outro. (n�o que vc n�o tenha feito isso...at� por mim...mas sua auto-sabotagem te prejudicava).
Como j� te disse in�meras vezes, n�o deixe que essas dores da vida, fa�a com que vc SE PERCA. Mantenha nesse caminho...rs

Beijos! Te quero muito bem! All the time!

Dani
(numa vers�o mais light. Sem os julgamentos que vc odeia. Mas com a mesma sinceridade de sempre.)

::Mary Jane:: disse...

Putz!!Alice...
Como me identifiquei com essa sua postagem...
Muitas das vezes me sentir exatamente assim.... Eu no alge dos meus 27 anos ainda acredito no amor e espero encontrar aquele com quem vou viver minha vida inteira!Acredito tbem que fidelidade e infidelidade sao coisas completamente difrentes!!Adorei seu blog... Linkei como rcomendacao para meus leitores e vou te visitar sempre!Passa no meu depois...bjoo D: